CRIANÇAS DO SÉCULO 21


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/storage/e/28/07/revistainfluencia/public_html/wp-content/themes/influencia/single-artigos.php on line 77

Crianças do século 21 ensinadas por adultos do século 20 que usam currículos do século 19: Uma realidade que a chegada do Colégio Digital vai mudar.

Os colégios que não se atualizam acabam, inevitavelmente, ficando para trás no quesito de formar cidadãos que estejam prontos para as mudanças do mundo. As gerações anteriores seguiam scripts que davam certo: nascer, crescer, arrumar emprego, casar, trabalhar mais, aposentar e morrer. As novas gerações foram moldadas para seguir os mesmos caminhos, mas em algum momento perceberam que o script não estava mais funcionando. São crianças do século 21 ensinadas por adultos do século 20 que usam currículos do século 19. Uma realidade que a chegada do Colégio Digital, no Jardins Mangueiral, vai mudar.

Que futuro é esse?

O futuro é diferente e a educação precisa ser encarada com um olhar futurístico.

O Colégio Digital não é novo puramente pela sua inauguração, mas por entender que o futuro não é mais como se pensava. O futuro é diferente e a educação precisa ser encarada com um olhar futurístico. E que futuro é esse? Um cenário de infinitas possibilidades onde os velhos scripts não funcionam, e no qual o COLÉGIO DIGITAL vai ajudar o aluno chegar aonde ele quer e aonde os pais querem também.

CULTURA MAKER: NO COLÉGIO DIGITAL, OS ALUNOS VÃO COLOCAR A MÃO NA MASSA.

Projeto UNOi oferece, a partir da Educação Infantil até o 9º ano do Ensino Fundamental, propostas de atividades maker integradas aos projetos curriculares.

O Colégio Digital nasceu com uma proposta inovadora na qual prioriza o desenvolvimento integral de todos os estudantes. A equipe docente está sendo preparada para organizar seu planejamento e desenvolver suas aulas de forma interativa e diversificada empregando abordagens metodológicas, técnicas e atividades que promovam colaboração e progressão significativa da aprendizagem. Dentre as abordagens, metodologias e técnicas, destaca-se a Cultura Maker, que tem como princípio a ideia do “faça você mesmo” ou da “mão na massa”. A Cultura Maker Permite que o estudante esteja no centro do processo de construção da aprendizagem, trabalhando de forma colaborativa com colegas e professores, em um processo constante de ação-reflexão-ação.

A aprendizagem colaborativa é uma maneira efetiva de envolver os estudantes de forma significativa no processo de escolarização. Os desafios, atividades e mediações, permitem o desenvolvimento de equipes de trabalho em torno de um problema real, valorização do conhecimento prévio dos alunos, compartilhamento de saberes individuais e coletivos, além da construção do respeito mútuo e da empatia, trabalhando com a liberdade de expressão e visando atingir um consenso.

Presente no Digital, o Projeto UNOi oferece, a partir da Educação Infantil (grupo de 5 anos) até o 9º ano do Ensino Fundamental, propostas de atividades maker integradas aos projetos curriculares. Ou seja, teremos no Colégio Digital Atividades Makers durante o ano letivo que permitirão aos estudantes “arregaçarem as mangas e colocar as mãos na massa”.

Para o desenvolvimento de tais atividades há um Espaço Maker no Colégio Digital, ambiente especialmente preparado com mobiliários, equipamentos, ferramentas, insumos e salvaguardas para experiências imersivas na Cultura Maker e Cultura de Inovação.

As instalações

O Colégio Digital foi erguido em uma área de 3.120 metros quadrados

A área construída é de 6 mil metros quadrados. Outros 900 metros estão reservados para área de convivência e quadra poliesportiva.

São 3 pavimentos:

  • Subsolo, estacionamento e térreo (área administrativa e salas de aula);
  • Primeiro andar (mais salas de aula e banheiros masculino e feminino);
  • Segundo andar (salas de aula e espaços de convivência).

A edificação também tem amplos espaços onde serão instalados os laboratórios e biblioteca.