Solidário Brasília com Bruno e Marrone

Ao abandonar preconceitos, comodismos, desconfianças, quebra – se o paradigma do isolamento e busca–se a mudança por meio do empreendedorismo, viabilizando soluções coletivas para problemas aparentemente insolúveis, que podem impedir o homem de alcançar uma melhor qualidade de vida.

Umas das formas de contribuição para a concretização de ideias e objetivos é o despertar da consciência de que cooperar uns com os outros é o ponto de partida para mudanças individuais e na sociedade como um todo.

Desenvolver, criar e participar de empreendimentos coletivos por meio de entidades associativas, cooperativas e outros modelos são a forma segura de obtenção de conquistas sociais e econômicas, da tão almejada qualidade de vida. E a melhor alternativa que satisfaça aos interesses e necessidades de um grupo é determinada para que viabilizem esses empreendimentos coletivos, juntamente com a participação ativa e profissional do empreendedor.

Entretanto, vale ressaltar que a cultura do empreendedor só se estabelece quando assume – se a mudança do eu e se adota o nós onde os valores associativos, tais como, solidariedade, respeito às diferenças, visão de conjunto, são trabalhados persistentemente e corajosamente, provocando sinergia nas experiências e no conhecimento.
O empreendedor é um dos indutores da disseminação desta cultura, pois seu papel com fomentador do desenvolvimento sócio-econômico de sua comunidade agrega, por meio de suas ações, valores associativos, ao participar de entidades ou de outras formas que lhe permitam um envolvimento maior no cenário social local.
A campanha Solidário Brasília é iniciativa da Federação das Associações Comerciais e Industriais do Distrito Federal – FACI/DF, sob a coordenação da Mérito Comunicação e Publicidade, que considera importante expressarmos nossa solidariedade.

O objetivo é arrecadar o maior número possível de alimentos não perecíveis, para doação à instituições, envolvendo além do grupo, outras pessoas que também compreendem a importância da partilha.

Assim, convidamos a todos para juntos desenvolvermos a Campanha que poderá levar um pouco de alimentos para aqueles que têm, na maioria de seu tempo, o mesmo regrado.

Ao receberem estes alimentos adquiridos com a Campanha, muitas pessoas terão a oportunidade de prepara-los durante o ano, que poderá saciar a fome e a sede também do espírito de fraternidade que enche as mãos de quem recebe e transborda o coração de quem doa!

Com a sua contribuição, poderemos proporcionar um dia mais digno e solidário a um maior número de pessoas.